Notícias

Visita técnica no projeto Escola Coxa

Franqueado dos Estados Unidos visita unidades do projeto visando o aperfeiçoamento na escola de fora do país

Na última semana, o projeto Escola Coxa recebeu a visita de um dos franqueados dos Estados Unidos, Yang Scofano, que foi recebido pelo coordenador geral, Guilherme Ribas. O encontro foi aproveitado para visitar algumas unidades da Escola Coxa buscando o aperfeiçoamento.

A unidade que fica na cidade de Charleston conta com aproximadamente 90 alunos, com um aumento no inverno para quase 135 crianças. Yang conta sobre como o fato dele possuir uma escola de futebol do Brasil ajuda. “É muito interessante tanto para nós, quanto para o Coritiba essa parceria, pois os nossos alunos jogam com o uniforme da Escola Coxa, eles conhecem o time, e alguns até acompanham aos jogos do clube, além dos nossos treinamentos serem um pouco diferente dos que são dados no EUA”, analisou.

Hoje a escola possui o futsal como atividade principal e uma diversidade entre os alunos, sendo eles americanos, filhos de brasileiros, mexicanos e demais imigrantes. “O apoio que temos do clube e do Guilherme é muito importante, nós podemos vir visitar o Brasil, acompanhar as Escolas daqui também. A última vez que vim para cá, tive a oportunidade de conhecer jogadores, os técnicos, e nossas crianças também puderam jogar com o Sub-11”, ressaltou Scofano.

Em meio a visitas e trabalhos, Guilherme demonstrou a sua satisfação com a visita. “Já temos a parceria há três anos, e sempre conseguimos acompanhar o desenvolvimento da Escola. Estamos muito contentes com a evolução, pois vemos que os alunos têm evoluído, e a estrutura da unidade está cada dia mais forte”, contou o coordenador do Projeto Escola Coxa. “Inclusive no próximo ano teremos alguns alunos de lá que virão ao Brasil para fazer testes aqui no clube, então creio que essa relação está cada dia mais firme, e creio que no ano que vem já poderemos colher alguns frutos disso tudo”, concluiu.

Deixe uma Resposta