Notícias

Copa Coxa de Futebol 7

Projeto Escola Coxa lança novo formato de competição com disputa em society entre as unidades

No último fim de semana, aconteceu a primeira Copa Coxa de Futebol 7 entre as unidades da Escola Coxa. O evento contou com a participação do coordenador do projeto, Guilherme Ribas, o coordenador técnico Willians Alves, o mascote Vovô Coxa, além de pais e alunos.

A ação ocorreu no Centro Esportivo Iraí, na cidade de Pinhais, tendo a participação das categorias do Sub-09 ao Sub-17. “A Copa foi criada com o intuito de promover a socialização, a interação e a integração, promovendo o bem estar das Unidades Escola Coxa, dos atletas e dos familiares participantes”, conta Alves.  “No evento conseguimos obter um ambiente muito agradável, com os pais dando seus incentivos, meninos se esforçando ao máximo, mas sem perder a lealdade e o respeito ao próximo, e isso vai de encontro com o lema principal do projeto. Queremos sim formar atletas para as nossas categorias de base, mas antes de tudo, formar cidadãos de boa índole, que saibam se portar de maneira educada em qualquer situação”, ressaltou.

Em meio a gritos e torcidas, Aline Lueders, mãe do goleiro Thiago Mendes que também participava do campeonato, conta que ficou satisfeita com a iniciativa da Copa Coxa. “Acho muito importante essa realização do evento, não só para o meu filho, mas para os outros, pois eles treinam o ano inteiro para essas competições, então o mérito deve ser dos alunos. Vejo que é uma gratificação como pai e para os atletas serem reconhecidos, e isso eles tiveram na Copa. Devo lembrar também do incentivo dos professores, pois é algo muito forte, e não o incentivo apenas pela medalha, mas sim pela participação”, elogiou Lueders.

Após os jogos e premiações, Guilherme Ribas demonstrou sua satisfação pelo evento. “Foi uma iniciativa muito importante para o projeto, pela participação dos pais e unidades que se envolveram na competição e é algo que certamente entrará em nosso calendário de 2016, e que queremos aperfeiçoar cada vez mais”, aponta.

Deixe uma Resposta