Notícias

Captação e seleção na Escola Coxa

Trabalho realizado entre Escola Coxa e setor de Captação e Seleção do Coritiba rende bons frutos

A vertente do projeto Escola Coxa, que foi iniciado no mês de maio, em parceria com o setor de Captação e Seleção do Coritiba, está rendendo frutos de um bom trabalho realizado em conjunto. A seleção e captação feita por Bruno Garcia, observador técnico das categorias de base do Coritiba, e Luís Alexandre, coordenador de captação do Coritiba.

Com treinos realizados duas vezes por semana, a Seleção Escola Coxa sub-11 e sub-13 é treinada pelos professores Rafael Soares e Willians Alves, na Escola Coxa São José dos Pinhais – Tupiniquim, na região metropolitana de Curitiba. Atualmente, a Seleção Escola Coxa conta com o total de 60 alunos e já inseriu quatro alunos nas categorias de base do Verdão.

Para Luís Alexandre, coordenador de captação do Coritiba e um dos incentivadores da vertente Seleção Escola Coxa “esta iniciativa foi pensada para adequar e reunir os alunos que mais se destacam dentro das unidades da Escola Coxa e, assim, formar um time com esses atletas. Os alunos que treinam na Seleção têm uma experiência diferente, pois é uma rotina distinta de treinos. Quando são aprovados para a categoria de base, eles já tem o ritmo e a vivência desejados para desenvolver o futebol. ”

“A Seleção Escola Coxa veio potencializar o processo de ensino e aprendizagem, pois para a captação é mais viável ter atletas nas categorias de base, que são da região. Trabalhando  com as faixas etárias sub-11 e sub-13, deixamos para monitorar as escolas que estão fora da região, facilitando a observação técnica. Hoje, a base da nossa captação é dentro da Escola Coxa e este selecionado nos fornece um handicap ímpar para o processo de prospecção de talentos,” concluiu o coordenador de captação, Luís Alexandre.

O observador técnico das categorias de base do Verdão, Bruno Garcia, elogiou o trabalho desenvolvido e anseia uma ampliação. “Desde o começo da iniciativa, a Seleção Escola Coxa está mostrando evolução, estão se desenvolvendo e a prova disso foi a boa participação em sua primeira competição a nível de base para as categorias sub-11 e 13. A Seleção já nos forneceu quatro atletas neste segundo semestre e creio que a tendência é de crescimento, principalmente pela aplicação e seriedade dos professores envolvidos e a metodologia adotada por eles. Penso que no próximo ano será ainda melhor com mais atletas e quem sabe até a criação de uma nova categoria, atendendo os atletas do sub-13,” comentou.

Faça como nossos atletas e venha fazer parte do Projeto Escola Coxa! Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/projetoescolacoxa

Deixe uma Resposta